Jardins Verticais

A falta de espaço deixou de ser uma condicionante para quem sempre sonhou ter um jardim. Em espaços reduzidos, como varandas, pequenos terraços ou até em espaços interiores, as plantas podem “desafiar a gravidade”, desenvolvendo-se em plano vertical. A ideia dos jardins verticais partiu do designer francês Patrick Blanc e tem vindo a conquistar seguidores em todo o mundo.

Solução

Os jardins verticais são uma solução criativa e funcional para rentabilizar áreas reduzidas e adaptam-se tanto a ambientes interiores como exteriores, tornando os ambientes mais “vivos” e convidativos.

Por se tratar de um sistema vivo, a projecção e instalação do jardim deve ser assegurada por uma equipa especializada. Em primeiro lugar, é necessário realizar um levantamento das condições do local: natureza da parede, dimensões, relação visual com envolvente, exposição solar, existência de ponto de água para rega e de ponto de drenagem para o escoamento e existência de ponto de electricidade. Na montagem da estrutura de suporte deve confirmar-se que a parede é suficientemente sólida para suportar o peso da vegetação, tendo em conta o aumento de peso provocado pelo volume do substrato, crescimento das plantas e água da rega.

 

Horto do Campo Grande - Jardins Verticais
Horto do Campo Grande - Jardins Verticais

 

Efeito “painel vivo”

A selecção da vegetação deve ser escolhida criteriosamente em função da exposição solar, incidência dos ventos e volumetria que se pretendia obter com a decoração. A opção deve recair em espécies perenes, com raízes pouco vigorosas, que não criam sujidade e são responsáveis pela absorção do ruído e ambiente refrescante. O efeito de um painel vegetal deve ser contínuo e evitar que a base da estrutura fique visível, escolhendo-se para isso plantas com algum volume, de carácter pendentes a semi-pendentes, privilegiando-se um jogo de diferentes cores e texturas.

Horto do Campo Grande - Jardins Verticais

 

Vivacidade ao longo do tempo

A estrutura de suporte (normalmente metálica) deve ser fixada à parede permitindo, assim, a instalação dos painéis. Estes painéis, constituídos por uma base impermeável e uma manta geotecida, funcionam enquanto “bolsas” receptoras de todo o material vivo. Para minimizar a manutenção e promover a sustentabilidade do jardim vertical ao longo do tempo, estes painéis comportam uma pré-instalação de sistema de rega automatizada.

Horto do Campo Grande - Jardins Verticais

 

Instalação

A instalação de um jardim vertical consiste num sistema de construção que permite o plantio de espécies vegetais numa superfície vertical. Este “suporte de vida” deverá garantir as condições necessárias ao desenvolvimento das plantas. A escolha dos materiais e dimensões das estruturas deverá ser assegurada por uma equipa especializada neste ambiente, assim como a escolha das espécies vegetais seleccionadas. Em primeiro lugar é muito importante fazer um primeiro levantamento das condições do local de forma a que se equacionem as melhores soluções: natureza da parede existente, dimensões, relação visual com envolvente, exposição solar do local, existência de ponto de água para rega e de ponto de drenagem para o escoamento, existência de ponto de electricidade, etc.

Horto do Campo Grande - Jardins Verticais

 

Suporte

Na montagem da estrutura de suporte do jardim vertical deverá confirmar-se se a parede é suficientemente sólida para suportar o peso da vegetação, tendo em conta o aumento de peso provocado pelo volume do substrato, crescimento das plantas e água da rega.

Esteticamente elegantes, os jardins verticais funcionam também enquanto barreiras sonoras, pois absorvem e atenuam o ruído. Além disso, são responsáveis pelo aumento dos níveis de humidade e regulação térmica, criando ambientes acolhedores e simultaneamente refrescantes, onde apetece estar.

Num espaço citadino a instalação de jardins verticais atenua a sensação de meio urbano e a presença de elementos vegetais produz efeitos psicológicos positivos, reduzindo até 50% o desconforto físico.

Por se tratar de uma solução construída mas “viva”, é muito importante ter em atenção alguns cuidados especiais que garantam a sua beleza e vivacidade ao longo do tempo.

NOTA: Horto do Campo Grande também executa Jardins Verticais revestidos com plantas artificiais.